Arquivo mensal: setembro 2014

Resenha : De Volta Aos Quinze

É gente…Definitivamente estou viciada nos livros da Bruna Vieira! Ganhei De Volta Aos Quinze de presente de aniversário de 16 (huahua) e estava muito animada para ler!

O livro conta a história de uma mulher de 30 anos chamada Anita,que no momento atual não está nem um pouco realizada e feliz com sua vida pessoal,profissional e amorosa.Após causar um grande tumulto no casamento de sua irmã mais velha,Anita tem uma verdadeira (e completamente doida kkk) aventura na qual se descobre novamente com 15 anos.Sim,lembra um pouco o filme De Repente 30,só que ao contrário! Porém dessa vez a grande virada na vida da protagonista acontece devido a um blog,o seu primeiro blog,que a leva literalmente de volta ao passado.

De volta à cidade natal e ao 1º ano do ensino médio,Anita se vê diante de dilemas comuns para a maioria das adolescentes de sua época: o trote da escola (até eu tive gente ! rsrs),o namorado babaca da prima e muitos outros…Dessa vez,já “sabendo” do futuro,ela tem a chance de fazer diferente.Mas em alguns casos,será que realmente vale a pena? Gostei muito do livro porque deixa bem claro que a mudança deve partir de nós e para nós,o que é algo realmente difícil de enxergar e admitir.Nessa fase cheia de descobertas,que é adolescência,a autora soube muito bem por onde guiar a história,e quando refletimos a respeito,percebemos quantos “ensinamentos” preciosos conseguimos tirar desse livro.

Numa trama cheia de reviravoltas,Anita revive alguns dos momentos mais impactantes de sua vida,e como já sabemos,toda ação tem uma consequência…Porém nem sempre positiva.E é nessas idas e vindas que a protagonista se redescobre como mulher e profissional, e abre os olhos,e principalmente o coração,para uma nova e possível realidade,provando que realmente podemos ser felizes fazendo o que amamos (e com dedicação,é claro!).

Nota 10 para esse livro,não deixando nada a desejar! ❤ ❤ 

2014-09-30 18.15.47

Livro lindo!

Bjz,até o próximo post 🙂

 

 

Resenha Depois Dos Quinze: Quando Tudo Começou

Boa noite queridos leitores(as)! Estou numa semana super corrida e mal tenho tido tempo de ler muito,como costumo fazer…Mas especialmente hoje encontrei um tempinho maravilhoso para dedicar a este livro fofo!

Quem não conhece Bruna Vieira no mundo conectado de hoje,não é? Sou super fã do blog Depois Dos Quinze e não pude deixar de ler o primeiríssimo livro dessa moça linda que ela é!

Primeiramente,vamos deixar claro que Depois Dos Quinze:Quando Tudo Começou é um livro que reúne crônicas e contos da blogueira,alguns até mesmo já publicados no blog,ressalvando o jeito leve e gostoso que ela tem de escrever. A maioria das crônicas é sobre amor (fins de relacionamentos,o amor em si,etc.) o que é um tema constante na vida da maioria das adolescentes,ou seja,do público-alvo do livro.

Apesar de ser um tema constante para a MAIORIA das adolescentes,não é para TODAS elas.Se você nunca teve um relacionamento ou não é lá muito romântica,pode tornar-se cansativo.Achei interessante ver como a visão de mundo da autora muda de algumas crônicas para outras,deixando clara essa fase de amadurecimento que é a adolescência.

O fato é que se você é uma garota ou um garoto romântico,esse livro é para você,que apesar dos pesares acredita piamente no amor e na reconciliação,e gosta de ler e refletir sobre como esse nobre sentimento age em nossas vidas…A autora conseguiu expressar bem suas opiniões na maioria dos textos,e seus textos têm sido fonte de força e inspiração para muitas jovens.É um bom livro quando se trata de ser jovem e amar intensamente,afinal é isso que fazemos.O detalhe de criar aquela playlist maravilhosa no final só fez aumentar meu amor pelo livro! Indico para quem gosta de romance e deseja conhecer o trabalho de Bruna Vieira! 🙂

Segue o link da minha crônica favorita do livro,já publicada no blog em 2010:

http://www.depoisdosquinze.com/2010/10/10/vertices-de-um-amor/

O livro ! *0*

O livro ! *0*

Entre nós e o tempo.

Perceber.Talvez uma das coisas mais imperceptíveis da vida…Sempre que fico muito tempo à toa,começo a pensar em como era e como será minha vida daqui a alguns anos.É incrível perceber como mudamos sem notar que isso aconteceu.

Entrei no Ensino Médio esse ano,e com a correria do dia a dia tudo parece sempre igual.O tempo passa muito rápido e não percebemos as mudanças acontecendo pouco a pouco.Não.É melhor dizer que nós passamos muito rápido pelo tempo,pois ele é eterno e nós não.Passamos muito rápido pelo tempo e não vemos como nossa vida muda,como nós mudamos.

Não posso dizer que passo imune a esse efeito;ao contrário;estou tão sujeita a ele como você.Isso me lembra um conceito chamado memória coletiva;ou seja;um conjunto de memórias compartilhadas por um grupo.Por acaso você se lembra do que comeu no jantar de ontem,ou mesmo do que sua irmã e você brincavam quando crianças ? 

Coisas acontecem,o tempo passa e nós vivemos.Mas vivemos de verdade,ou nos entregamos a rotina? O que eu fiz ontem realmente fez diferença hoje? É nesse momento de reflexão que passamos a perceber melhor o que estamos fazendo e onde estamos vivendo.

Hoje estava refletindo sobre a minha vida e comecei a ver como tudo mudou e eu simplesmente não percebi.O tempo mais uma vez passou rapidamente(corrigindo,EU,mais uma vez, passei pelo tempo rapidamente) e deixei as coisas acontecerem naturalmente.Aquela ansiedade que antes me abalava tanto hoje já não me acompanha mais,e passei a notar um sentimento que esteve sempre comigo. O medo.Sim,querido leitor,eu sou uma garota extremamente medrosa a respeito da vida.Talvez seja a hora de mudar,superar isso,não sei,mas morro de medo só de pensar em como as coisas podem mudar drasticamente daqui para a frente .

Veja bem,moro em uma cidade pequena e meu maior sonho sempre foi ser bem-sucedida.Criei uma imagem de perfeição em torno desse que sonho,que para mim só poderia ser realizado se eu fizesse uma faculdade excelente.Com a chegada de um pouco mais de responsabilidade,descobri que esse sonho de fazer uma faculdade incrível só poderia ser realizado com muito esforço,mas afastei esse desejo simplesmente por pensar que ainda faltava muito para ele.

Pois é,hoje abri os olhos e descobri que está muito perto.Você pode me achar exagerada por estar pensando nisso no fim do 1º colegial,mas acredito que você que tem um sonho saiba o quanto de esforço é preciso para realizar um como o meu ou como qualquer outro.

E voltamos ao meu medo,que ressurgiu juntamente com o sonho,a realidade a minha volta e tudo mais.O medo da grande mudança que a realização desse sonho pode provocar. Estou contando para você porque com certeza você também tem os seus sonhos.Não passe rápido pelo tempo a ponto de esquecer-se dos desejos do seu coração,por mais que lhe dêem medo.Abra os olhos e perceba verdadeiramente o mundo ao seu redor,viva o HOJE,e não a rotina.

                                                                                                                                                          Bjzz de sua amiga Camilla 🙂